domingo, março 14, 2010

ESTALINISMO EM TONS LARANJA



Triste imagem deixada este fim-de-semana por um partido que sempre lutou pela democracia e pela liberdade.
É verdadeiramente assassina a forma como uma 'lei da rolha' abjecta fecha de modo tão negativo um congresso cheio de nada.
Ficamos a saber que o PSD consegue ser mais estalinista que o próprio PCP. Para um partido que denunciava a 'asfixia democrática' é, no mínimo, paradoxal, mas se nos lembrarmos que Manuela Ferreira Leite há uns tempo defendia a suspensão da democracia durante seis meses...

quinta-feira, março 11, 2010

GREVE ABSOLUTAMENTE EXTEMPORÂNEA

Mais uma vez os pobres e sacrificados 'senhores' pilotos da TAP dão mostras do seu genuíno altruísmo e preocupação face à situação económico-financeira da empresa.
Uma elite altamente bem remunerada que apenas sabe olhar para o seu umbigo, marimbando-se de forma ignóbil para o resto!
Curioso que nunca havia imaginado ver um bloquista como o Daniel Oliveira vir a terreiro defender essa fustigada e explorada classe profissional. Mas é um facto que tudo é possível.

quarta-feira, março 10, 2010

EM GRANDE FORMA!



Em plena crise económica e social, vivendo-se dias de incerteza, assistindo-se a uma instabilidade política associada à crescente descrença por parte dos cidadãos na classe política, é bom saber - vendo a entrevista de hoje à RTP - que o Presidente da República está de regresso, e em grande forma!

sexta-feira, março 05, 2010

AGUIAR BRANCO, UMA AGRADÁVEL SURPRESA

Após dois debates na SIC Notícias com os três candidatos à liderança do PSD, na minha opinião José Pedro Aguiar Branco mostrou ser o melhor.
Pedro Passos Coelho tarda em impôr-se, não se liberta da figura de criatura 'inventada' pelo criador Ângelo Correia e agarra-se a uns quantos ruidosos soundbytes para tentar marcar uma desesperada diferença.
Paulo Rangel envereda por uma via de frenético populismo, fazendo lembrar em vários (talvez demasiados) 'aspectos' Paulo Portas, quiçá resquícios dos seus tempos de militância no CDS, sendo que a cada debate que passa, a sua consistência diminui.
Aguiar Branco revelou ontem grande solidez, capitalização da sua experiência enquanto governante, um profundo conhecimento dos problemas do país e uma serenidade que não se encontra nos seus contendores.

DAS DUAS... UMA

Ou o jornal SOL ultrapassou todos os limites da decência, da ética jornalística e da liberdade de imprensa, ou então estamos mesmo na mão de um grupo de facínoras ao serviço de interesses sinistros e obscuros, numa escala nunca vista em Portugal.
A ser verdade o primeiro cenário, processe-se quem de direito e retire-se a carteira profissional a 'imitações' de jornalistas;
A ser verdade o segundo cenário, corra-se com esta gente do governo, faça-se o devido julgamento e mande-se para a prisão quem tiver que ir!

segunda-feira, março 01, 2010

O LEÃO ESTÁ VIVO E BEM VIVO!